Páginas

terça-feira, 16 de setembro de 2014

O Rio Tenebroso


Certo dia, em uma cidade havia um casal muito belo o nome deles era Amanda e Renato eles eram muito felizes juntos.

No dia 09/04/2004 eles tiveram uma filha muito linda chamada Beatriz ela tinha olhos claros cabelos enrolados a menina era linda cheia de alegria.

Um dia, brincando com sua amiga chamada Isabela perto de um rio resolveram entrar nele e Isabela perguntou:

—Será que é seguro Bia?

—Lógico esse rio é super. seguro.

Beatriz um pouco indecisa entrou mesmo assim, Isabela entrou também e Beatriz disse:

—Viu como é seguro vem aqui me dá um abraço amiga.

De repente, Isabela prendeu seu pé em uma pedra e gritou com muito desespero:

—Bia eu não consigo tirar o meu pé daqui, Socorro!!!

Bia nadando depressa tentava acalmar amiga dizendo:

—Calma! Isa eu vou te ajudar!

Depois de um longo tempo Isa, com a ajuda de sua amiga conseguiu tirar o seu pé de lá e ficou mais calma após fazer um curativo.

Beatriz estava muito preocupada com sua amiga, e as duas juntas prometeram nunca mais ir até aquele rio.



 
 
 
 
 
 
Autora: Beatriz Moreira de Souza Lino - 4º ano A - Ciclo II

TEMPO DE AVENTURA

Num belo dia Jeferson acordou em um hospital, Jeferson tinha olhos azuis, cabelo escuro e era branco.
Dois meses atrás, Jeferson e seu amigo Reberte estavam querendo uma espada nova, quando se depararam em uma cabana de folhas, foram lá, chegando o vendedor deu uma espada nova de folha, Jeferson logo se acostumou com ela.
Estavam andando pela floresta quando sabiam que sua amiga Luciana morava perto dali, o Reberte falou com o Jeferson, será que ela não faz uma torta de maçã pra nós?
Chegando lá, ela falou que estava com as mãos ocupadas e pediu para o Jeferson corta as maçãs pra ela, quando ele cortou ela viu que o corte da espada era muito perfeito então ela disse que a espada estava amaldiçoada e eles começaram a dar risadas, muitas risadas.
Foram para casa e dormiram. Jeferson começou a ter pesadelos com a espada, ele acordou e sua espada estava apertando seu pulso ele tirou e jogou no rio.
Jeferson acordou e foi escovar os dentes abriu o espelho pegou o fio dental, fechou o espelho e a espada estava atrás dele. Ele começou a gritar Reberte!
 Reberte veio e cobriu a espada. Depois foram à feira devolver a espada para o moço da cabana, viram que não estava mais lá. Tinha os ladrões que adoravam velas eles estavam roubando as velas das senhoras então eles foram lá, lutaram pra caramba e um ladrão bateu com uma vela na cabeça do Jeferson, ele caiu no chão, olhou para a mão e a espada estava lá, ele deu um pulo para trás pegou a espada e cortou os cabelos dos ladrões e eles morreram.
Ele sabia que tinha que conviver com a espada para sempre.
 
AUTOR: DALTON DE SOUZA MATOS - 4º ANO A - CICLO II

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Aventura no Pantanal

Havia um menino chamado Gustavo, ele tinha 9 anos. Ele e o os amigos, Guilherme e Henrique, que tinham 8 e 10 anos  foram            acampar.
—Pai, vamos logo para o acampamento? Disse Gustavo.
— Vamos e  eu já vou buscar seus amigos , Guilherme e Henrique . Disse o pai do Gustavo. 
Chegando lá no acampamento, o pai  do Guilherme  deixou o Guilherme, o Gustavo  e o Henrique .  No acampamento os meninos montaram a suas barracas para dormir. Quando os meninos terminaram eles ouviram um barulho.
—Gustavo!! Henrique!! Vocês ouviram esse barulho? Perguntou Guilherme.
—Não deve ser nada. Disse  Gustavo bocejando.
No dia seguinte todos ouviram o mesmo barulho, foram ver o que era que estava fazendo aquele barulho e era um tigre e os meninos começaram a correr, correr, correr... quando a mãe do  Guilherme disse:
— Acorda Guilherme está na hora da escola!!     
Era só um sonho que o Gustavo estava tendo na noite de domingo.

 


Autores: Geovanna Souza e Lycolas  - 4º ano B- Ciclo II

terça-feira, 9 de setembro de 2014

O HOMEM DO GUARDA-CHUVA


Em 2014, um homem que era muito apegado a seu guarda-chuva decidiu ir a África conhecer os animais, tanto os grandes quanto os pequenos.

Ele se chamava Georgino, mas era chamado de George. Ele chegou ao primeiro safari e já achou um leão que ia lhe atacar, mas o guarda-chuva começou a voar e o salvou. Ele fez uma festa para o guarda-chuva, mas infelizmente ninguém quis comparecer a uma festa para um guarda-chuva.

Ele foi a uma caravana e achou uma cobra e o guarda-chuva não estava lá, infelizmente não se salvou e morreu.

E o guarda-chuva se enterrou é ficou junto a ele como sempre deveria estar.

 

Autor: Nicolas da Costa Santos - 4ºano A - C iclo II

AS MATADORAS DE MONSTROS


Certo dia duas arqueiras que se chamavam Danieli e Elisabeth, foram convidadas para uma missão muito perigosa, porque uma menininha tinha perdido seu precioso ursinho e queria se vingar. As menina disseram não, mas a menininha ofereceu dinheiro, porém, Danieli não aceitou e falou:
—Não iremos aceitar o dinheiro, mas vou recuperar seu ursinho.
Assim iniciaram uma aventura. Escutaram alguém batendo na porta, quando abriram a porta era um mostro gordo e ela falou:
—Atacar!
Atiraram fechas para todo lado e a barriga dele explodiu. e viram a cabeça do ursinho.
Ela foi para a floresta e encontraram outro mostro e lutaram com o mostro e ele virou puré de mostro e também acharam o corpo do ursinho e de repente caíram em um poço e lutaram com jacarés e venceram a luta.  Saíram do poço e viram dois braços e pegaram, era o braço do ursinho.  Caminharam bastante e encontraram uma estátua e começaram a cutucar e virou um gavião que saiu voando, elas atiraram e conseguiram pegar as pernas e remontaram o ursinho. As arqueiras ficaram famosas e a pequena menina teve seu ursinho de volta, o chefe dos monstros pediu vingança.

 
 
Autora: Maiara Ribeiro Jerônimo - 4º ano A - Ciclo II

A MÁQUINA DO TEMPO


Certa tarde, Júlia foi ao supermercado porque sua mãe pediu, na volta Júlia encontrou uma máquina, mas não sabia que era uma máquina do tempo.

Depois Júlia foi para sua casa e entregou as compras para sua mãe e voltou para o lugar onde estava a máquina, mas quando Júlia entrou na máquina achou que era uma máquina qualquer, mas ela acabou percebendo que era uma máquina do tempo.

Ela queria voltar no tempo em que Pedro Álvares Cabral chegou ao Brasil, deu de cara com o antigo Portugal. Ela encontrou Pedro Álvares Cabral em sua casa fazendo as malas para uma viagem as índias, a pequena Júlia quis ir junto com eles e eles aceitaram que Júlia podia ir junto.

A viagem foi muito longa e eles decidiram cortar caminho e acharam as pequenas terras do futuro Pindorama, chegaram e deram de cara com os índios e cravaram uma grande batalha histórica. Depois de muito sangue, os portugueses escravizaram os índios, e ela decidiu voltar ao Brasil.



 
Autora: Vitória Nunes de Souza - 4º ano A- Ciclo II

terça-feira, 19 de agosto de 2014

IRMÃOS METRALHA

No Planeta Robô em Robocópolis, uma cidade muito grande, composta por aço, ferro e metal, cheia de construções, havia dois ladrões robôs chamados: ZÉ METRALHA e seu irmão CHICO METRALHA, mais conhecidos como os irmãos Metralha.
Eles não usavam roupas para se camuflar no
ambiente. Também havia um delegado casca grossa chamado PEDRÃO.
       Certo dia o delegado saiu para almoçar, e os bandidos o seguiram, esperaram ele entrar no restaurante e declararam assalto. Tamparam sua boca e o levaram até o local aonde ia matar, o mataram e sairão do local do crime. Então a cidade de ROBOCÓPOLIS virou um inferno pelo menos até a chegada de outro delegado.
       A chegada desse novo delegado foi triunfal, ele declarou guerra ao crime, mas os feitos dele você só descobrirá na próxima aventura.

 



 
Autora: Bianca L. Machado - 4º ano A Ciclo II